quarta-feira, 19 de maio de 2010

O Programa 5 Ss



O programa 5 Sensos é uma proposta de reeducação dos colaboradores da organização para melhoria no ambiente organizacional bem como na saúde e segurança dos trabalhadores. Quando bem implementado contribui para o estabelecimento da ordem nas organizações e aumenta a capacidade de discernimento. Pode ser utilizado não só nos ambientes organizacionais, mas também em nosso dia-a-dia.



OS 5S’s:

1. SEIRI – Senso de descarte ou liberação de áreas:

O primeiro senso nos ensina que devemos ter discernimento sobre o que é útil e o que não é útil em determinadas situações. Naturalmente, o que não é útil hoje pode ser útil amanha. Da mesma forma, o que não é útil em um lugar pode ser útil em outro. Uma máquina de solda não é útil em um escritório, mas é em uma oficina. Principais ações para a sua implementação:

• Eliminar todos os materiais e/ou equipamentos desnecessários para o desempenho normal das atividades;

• Verificar quais são os equipamentos inúteis e quais são potencialmente úteis, descartando os primeiros e destinando os segundos aos lugares em que terão serventia;

Resultados:

• Evita desperdícios e desgastes desnecessários;

• Proporciona melhoria no aspecto visual do espaço laboral;

• Elimina elementos sucateados e não mais utilizados;

• Reduz os riscos de acidentes;

• Reduz o tempo de procura de materiais;

• Aumento da área física disponível.



2. SEITON – Senso de organização:

O segundo senso nos ensina que devemos destinar elementos e ações úteis a locais adequados. Se preciso de tinta para impressora não precisarei procurá-la no local de trabalho. UM LUGAR PARA CADA COISA E CADA COISA EM SEU LUGAR. Principais ações:

• Identificar armários, máquinas, compartimentos;

• Definir um lugar para cada coisa e colocar cada coisa em seu lugar;

• Disponibilizar os elementos essenciais ao trabalho de acordo com sua frequência de uso:
• Cuidar para que ocorra melhoria da eficácia e eficiência na comunicação.
Resultados:

• Permite melhor estruturação das atividades;

• Reduz acidentes;

• Redução do desperdício de tempo;

• Melhora o controle dos elementos essenciais para se desempenhar as atividades;



3. SEISO – Senso de limpeza:

Este senso significa zelar pela limpeza do ambiente de trabalho. Trata-se de manter o espaço laboral limpo e organizado e incentivar os colaboradores a evitar ou minimizar as ações que possam sujar. Seu principal escopo é manter o aspecto físico limpo e agradável. Este senso permite ao gestor não apenas eliminar a sujeira, mas também detectar elementos que, ao se mostrarem sujos indicam problemas, como sobra de matéria-prima e vazamentos. A limpeza não deve ser apenas do espaço físico, mas também do estado de espírito do trabalhador. Uma mente limpa e livre de problemas, naturalmente, trabalha melhor. Principais ações:

• Treinar o colaborador para evitar suja;

• Realizar a limpeza em horários previamente estabelecidos;

• Solicitar regularmente limpeza do ambiente laboral;

• Realizar faxina geral regularmente.

Resultados:

• Melhoria no aspecto físico do ambiente;

• Ambiente agradável;

• Aumento da segurança;

• Equipamentos facilmente localizáveis;

• Equilíbrio físico e mental.



4. SEIKETSU – Senso de higiene, arrumação, saúde:

Este senso verifica se os três sensos anteriores estão sendo aplicados. Não basta ter organização e limpeza, é preciso integrar todos os recursos para possibilitar os melhores resultados. O ambiente de trabalho não deve ser agressivo nem possuir elementos poluentes que impeçam o trabalho.

Ações:

• Evitar a insegurança no trabalho;

• Respeitar prazos;

• Estabelecer comunicação clara e de fácil leitura e interpretação;

• Estabelecer métodos e padrões para as atividades diárias sem ser burocrático;

• Afixar instruções / avisos para reduzir erros nas atividades e identificar os equipamentos;

Benefícios:

• Previne acidentes;

• Melhora a imagem interna e externa da empresa;

• Promove o aumento no grau de satisfação e motivação pessoal;

• Melhora o ambiente laboral;

• Melhoria e economia na prevenção de doenças (profilaxia);

• Melhoria geral nos níveis de segurança;

• Melhoria na qualidade de vida.



5. SHITSUKE – Senso de ordem ou disciplina:

Este senso consolida os quatro anteriores gerando ganhos permanentes a empresa, pois o pensamento bem ordenado e bem estruturado esta sempre a favor da empresa. Desta forma, torna-se necessário interiorizar o hábito de observar e seguir normas, regras e procedimentos a fim de satisfazer as especificações esperadas. Espera-se que o colaborador possa levar para sua vida privada o conhecimento obtido. Por conseguinte, o resultado será a disciplina preconizada no quinto senso.

Um dos seus principais objetivos é substituir gradualmente os hábitos inadequados por outros que se adequem a nova metodologia de trabalho.

Principais ações:

• Elaborar um plano de incentivo as melhorias no trabalho;

• Melhorar a comunicação em geral;

• Delegar autoridade e atribuir responsabilidades;

• Incentivar um bom relacionamento interpessoal entre os colaboradores;

• Estimular a criatividade do colaborador para resolver problemas típicos e atípicos;

• Cuidar para que todos os colaboradores tenham perfeito entendimento das metas da empresa e de seu papel para que estas sejam atingidas.

Benefícios:

• Valorização do colaborador;

• Aumento das chances de se obter o resultado de acordo com o planejado;

• Melhoria geral da qualidade nos serviços e nas relações interpessoais;

• Cumprimento das regras e procedimentos administrativos;

• Maior motivação e satisfação para o trabalho;

• Maior segurança e desempenho.

0 comentários:

Postar um comentário